A Pós Modernidade - RÁDIO PALAVRA VIVA FM

Rádio palavra viva fm: 24 horas de louvores a Deus!!!
Ir para o conteúdo
                                 A PÓS MODERNIDADE
                                                           Dr. Edimar Ribeiro
Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do
Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos,
se não houvermos desfalecido. (Gálatas 6.7-9)
INTRODUÇÃO
O que aconteceu? No passado, a maioria das pessoas aceitava os conceitos cristãos básicos. Agora só uma minoria os aceita. Essa mudança moral e religiosa não é a única mudança que enfrentamos. “Estamos vivenciando uma mudança estrutural enorme, em nosso país e no mundo”, diz o futurólogo cristão Leith Anderson, “uma mudança que promete ser de maiores proporções do que a invenção da imprensa, maior do que a Revolução Industrial. ” Os cristãos não ousarão ser cegos a uma mudança dessa grandeza.
Francis Schaeffer, e outros estudiosos demonstraram, que a cultura ocidental já passou por muitas fases. Vale ressaltar que uma nova visão de mundo segue, o que passa a ser conhecida como a pós modernidade.
  1. Com      o século XV, o Iluminismo desafiava a síntese bíblica que havia dominado a cultura ocidental.
  2. No século XIX, chegou tanto o romantismo      como o materialismo científico.
  3. O século XX, deu-nos o marxismo e o fascismo, o positivismo e o      existencialismo.
  4. Já no século XXI, uma nova visão de mundo está emergindo. O “moderno”, por estranho que seja dizê-lo, tornou-se antiquado.
    O século XX, apesar de todas as suas realizações e catástrofes, está passando para a História.
    As“ideias modernas” que caracterizaram o século XX, não mais parecem relevantes.
    Estamos na era “pós-moderna”.
  5. O termo “pós-moderno” refere-se antes de tudo ao tempo e não a uma ideologia distinta.      
    Se a era “moderna” já passou realmente, os cristãos têm tudo para se alegrar?
  6. A partir das batalhas entre os “modernistas” e os “fundamentalistas” e mesmo antes, o Cristianismo bíblico, foi atacado veementemente pelas forças do     modernismo, com seu racionalismo científico, humanismo e preconceito contra o passado.
  7. Hoje as ideias aceitas pelo modernismo, incluindo aquelas que atormentaram a igreja deste século, estão sendo abandonadas. Os cristãos devem esta alerta na aurora de uma era pós-moderna.
COSMOVISÃO CRISTÃ

Cosmovisão, é um conjunto de suposições e crenças que alguém usa para interpretar e formar opiniões, acerca da sua humanidade, propósito de vida, deveres no mundo, responsabilidades para com a família, interpretação da verdade, questões sociais, etc. Um cristão deveria ver essas coisas, e todas as demais, guiado pela luz que recebe da Bíblia.
A Bíblia Sagrada, tem muitas coisas a dizer acerca da natureza humana, do mundo, propósito, verdade, moralidade, etc. Mais frequentemente do que imaginamos, a cosmovisão secular está em conflito com a palavra de Deus em aspectos diversos, como segue:
1. O mundo nos mostra um homem desenvolvido,
2.  A Bíblia diz que ele foi criado e é, em última instância responsável diante de Deus.
3. O mundo diz que a moral é relativa,
4. A Bíblia diz que ela é absoluta.
5. O mundo diz que não há necessidade de salvação e redenção,
6. A Bíblia afirma claramente que todas as pessoas têm necessidade de confessar os seus pecados a Jesus Cristo.
7. O mundo secular exalta o homem ao ápice do desenvolvimento da evolução, como soberano acima de tudo, ele domina, por determinação do Criador, a quem a criatura haverá de prestar conta de todos seus atos.  
8. Deus é "relevante" aos sistemas de crença dos supersticiosos e incultos. Visões tão opostas, no final das contas, acabarão por se confrontar.

A CONDIÇÃO DA SOCIEDADE

O resultado da cosmovisão secular pode ser visto ao nosso redor. Ao observarmos a sociedade fica evidente que nem tudo vai bem. A televisão tem se degenerado tornando-se um "bordel" de violência, pornografia "leve", seriados que destroem a família, comerciais que apelam para a gratificação imediata dos prazeres, e desenhos animados que são cheios de violência, ocultismo, e desobediência aos pais.
Eles frequentemente retratam pastores como psicóticos, padres como "pedófilos", e pessoas religiosas como ignorantes, inseguras e fanáticas.
As notícias são extremamente parciais e quando falam de áreas onde a moral religiosa e a secular colidem, seguidamente apresentam informações com palavras fortes:
a)    Ao invés de "a favor da vida" nós escutamos "contra o aborto".
b)    Ao Invés de "conservador" é "fundamentalista".
Outras palavras são utilizadas tal como "exageros da Bíblia", "censura", "intolerância", "fanatismo", etc.
Segundo o Centro de Mídia e Relações Públicas
a) os telespectadores de meia idade veem 14.000 referências de sexo.
b) as crianças assistem 8.000 assassinatos e 100.000 atos de violência até o fim do ensino fundamental ou adolescência.
c) A ilegitimidade está em alta. Em 1970, nenês nascidos fora de casamento eram 10% de todos os nascimentos. Em 1991, foram 30%.
d)  O estupro está aumentando como o crime violento de forma assustadora.
e) As doenças venéreas, uso de drogas, e as prisões.
Em muitas escolas Americanas a série "Impressões" está promovendo a Nova Era e o ocultismo.
Em alguns programas, estudantes são ensinados que eles deveriam decidir se o uso de drogas é bom ou ruim.
Muitos textos de livros escolares ensinam valores "ante família", promovem a homossexualidade, ensinam o relativismo moral, encorajam a conduta sexual, e, certamente, instilam evolução como um fato.
Em contradição, as verdades bíblicas, a pós modernidade e seus adeptos condenam a menção da existência de um Deus Criador do Céu e da Terra e tudo que neles há.
Considere o relato seguinte: "Quando Raymond Raines de 10 anos curvou sua cabeça e silenciosamente deu graças no almoço em um refeitório da escola pública de St. Louis, ele foi posto de castigo por uma semana e foi-lhe dito que ele iria comer em um quarto sozinho se ele continuasse a orar. "Quando 30 estudantes de segundo grau do Texas se reuniram para orar no pátio, uma manhã antes da aula, a diretora polidamente disse a eles não apenas para irem embora, mas também para orarem onde não fossem vistos. "Em Illinois, um diretor de segundo grau chamou a polícia para dispersar um grupo de oração parecido. Dois estudantes foram detidos."
Obviamente, a América (e o mundo) estão desesperadamente necessitados de mudança de vida por meio do evangelho de Jesus.
O PROGRESSO DO EVANGELHO
Antes que você fique desencorajado, o evangelho está progredindo. Há mais cristãos no mundo hoje como nunca houve. Em 1700 menos de 20% da população Americana ia a igreja, agora está acima 50%. Mais pessoas têm escutado o evangelho do que antes, e Bíblias são produzidas em massa e estão sendo enviadas para nações por todas as partes do mundo com uma recepção sem precedentes.
O Evangelho é pregado na televisão e no rádio. Milhões estão vindo a Cristo em diversos países. Lentamente os novos cristãos estão acordando e fazendo seus caminhos através dos Continentes, comunicando a palavra de Deus.
Contudo, a comunidade cristã tem uma grande tarefa para executar. Ao levar a cabo o plano da redenção  em  Cristo, os cristãos devem adotar uma visão bíblica em todos os aspectos de sua vida e apresentar ao mundo perspectivas bíblicas, em todas as áreas de nossa existência. Isto inclui tudo:
  1. Educação,
  2. Medicina,
  3. Artes,
  4. Política,
  5. Ciência,
  6. Questões contemporâneas, Ética, entre outras.
SUBSTITUIÇÃO DO MODERNISMO
O modernismo, entretanto, está sendo substituído pela nova ideologia secular do pós-modernismo.
O novo conjunto de suposições básicas sobre a realidade, mentalidade que vai além do mero relativismo, está ganhando terreno através de todas as culturas.
A pessoa comum que acredita não existirem absolutos, pode nunca ter ouvido falar do exercício acadêmico da “desconstrução”. O universo intelectual poderá desprezar o mundo eletrônico da televisão.
Os políticos contemporâneos podem estar despercebidos da arte da sua profissão.   Não obstante, tudo isso está interligado e forma uma visão de mundo distintamente pós-modernista.
Enquanto perdem força os ataques modernistas contra o Cristianismo, os pós-modernistas o atacam em bases diferentes. Por exemplo, os modernistas argumentariam de várias formas pela inverdade do Cristianismo.
Quase não se ouve mais essa objeção. Hoje a crítica mais ouvida é que “os cristãos pensam que eles têm a única verdade”. As reivindicações do Cristianismo não são negadas; são rejeitadas justamente porque propõem ser verdadeiras.
Aqueles que acreditam que “não existem absolutos” repudiam os que rejeitam o relativismo chamando-os de “intolerantes”, por tentarem forçar suas crenças em outras pessoas.
CONCLUSÃO
Os pós-modernistas rejeitam o Cristianismo na mesma base em que rejeitam o modernismo, com seu racionalismo científico. Tanto os cristãos como os modernistas acreditam na verdade. Os pós modernistas não.
O futuro mostrará se há de ser o modernismo ou o pós-modernismo o mais hospitaleiro ao Cristianismo.
A Escritura nos fala da importância de “conhecer o tempo” (Rm 13.11). “A maioria dos cristãos”, observa George Bania, “não percebe que a Igreja está em meio à luta mais ferrenha entre as que tem enfrentado há séculos. ” ‘° Muitos cristãos, inclusive teólogos, ainda estão combatendo o modernismo, despercebidos da mudança que houve nos assuntos a debater. Se os cristãos vão ministrar com eficácia no mundo pós-moderno e evitar as suas tentações, precisam entender o espírito da época.
João 8:32 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
Os pós-modernistas rejeitam o Cristianismo na mesma base em que rejeitam o modernismo, com seu racionalismo científico. Tanto os cristãos como os modernistas acreditam na verdade. Os pós modernistas não.
O futuro mostrará se há de ser o modernismo ou o pós-modernismo o mais hospitaleiro ao Cristianismo.
A Escritura nos fala da importância de “conhecer o tempo” (Rm 13.11). “A maioria dos cristãos”, observa George Bania, “não percebe que a Igreja está em meio à luta mais ferrenha entre as que tem enfrentado há séculos. ” ‘° Muitos cristãos, inclusive teólogos, ainda estão combatendo o modernismo, despercebidos da mudança que houve nos assuntos a debater. Se os cristãos vão ministrar com eficácia no mundo pós-moderno e evitar as suas tentações, precisam entender o espírito da época.
 João 8:32 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
© 2.014 - 2.020  Limeira Info
 © 2.014 - 2.019  Limeira Info
Voltar para o conteúdo